Proximidade da Europa são razões para “forte investimento” do Resort Grupo em Cabo Verde

O sol, praia e sobretudo a proximidade da Europa foram as razões que convenceram a empresa britânica The Resort Group a investir “forte” no Turismo em Cabo Verde, que poderá atingir os 1.000 milhões de euros até 2026.

As razões foram apontadas à agência Lusa por Robert Jarrett, presidente do Conselho de Administração da TRG, numa entrevista feita no Mélia Dunas Resort, o maior do arquipélago, num investimento de 120 milhões de euros e que é inaugurado oficialmente hoje ao fim da tarde na praia de Ponta Preta, em Santa Maria, ilha do Sal.

“Quando começamos a procurar locais para investir, o que precisávamos era de sol, de praia e de proximidade (da Europa). Estes ingredientes são o que mais atrai o turista. Cabo Verde tem-nos em abundância”, justificou, argumentando ainda que a procura turística no arquipélago é “muito grande”, o que permitiu “elevar” a qualidade de alojamento.

O TRG, com sede em Gibraltar e com sucursais em Inglaterra e em Cabo Verde, conta desde maio de 2011 com o “Mélia Tortuga Beach”, também no Sal, onde já iniciou o Llanas Hotel Beach, e pretende iniciar em 2015 as obras de um hotel de negócios de 15 pisos na Cidade da Praia, além de ter um plano para a construção de seis “resorts” na ilha da Boavista.

Diplomático nas palavras, Robert Jarrett escusou-se a comentar os “obstáculos” apontados à Lusa pelo consultor cabo-verdiano do grupo, Vítor Fidalgo, relativos às elevadas penalizações fiscais que o TRG paga para investir em Cabo Verde – 20% das receitas é pago “à cabeça” sem que tenha havido devolução do imposto retido a mais.

“Não encontramos muitos obstáculos. O Turismo existe e está a crescer”, respondeu, salientando a disponibilidade do Governo cabo-verdiano em trabalhar com o atual maior investidor privado em Cabo Verde, que já criou, no setor do Turismo, várias centenas de postos de trabalho.

Questionado pela Lusa sobre se, para o TRG, há alternativas ao sistema de “tudo incluído” em Cabo Verde, o PCA da empresa britânica respondeu que esse é o modelo de trabalho que sempre defendeu.

“Há sempre alternativas. Mas quando as ligações aéreas aumentam, há sempre um potencial para estandardizar a gestão hoteleira. Mas este é o nosso modelo de negócio que nos vai permitir gerar e aumentar o turismo através das operadoras”, frisou.

O “all-inclusive”, é responsável por quase 10% do total de dormidas em Cabo Verde, constituindo 5% do total de estabelecimentos hoteleiros, atrás das pensões (32%) e residenciais (27%) e hotéis (24,3%), indicam os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) cabo-verdiano referentes a 2013.

Com a abertura do “Mélia Dunas Resort”, numa área total de 178 mil metros quadrados (suficiente para construir quase três dezenas de estádios de futebol), 50% do total de camas disponíveis na ilha do Sal é da responsabilidade do TRG, num setor que ocupa 43,5% do total da população ativa salense.

O “Dunas”, cujas obras começaram em setembro de 2010 e contam com a presença da empresa portuguesa UDRA, enquadrada no consórcio liderado pelo Grupo San José (Espanha), tem capacidade para 100 mil clientes por ano, 2.500 por semana, com 1.247 propriedades – 88 ‘suites’ e duas de cortesia, sete vivendas de cinco quartos, 47 com três e 1.063 apartamento de um, dois e três quartos.

Além de uma vasta área de praia, conta com oito piscinas, sete restaurantes, dois bares de apoio, discoteca, “sports-bar”, cibercafés, mercearia, spa, ginásio, zona comercial, centro de conferências e até um pavilhão para casamentos.

fonte: http://www.dnoticias.pt


One thought on “Proximidade da Europa são razões para “forte investimento” do Resort Grupo em Cabo Verde

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s