Grupo hoteleiro português pretende expandir-se para Cabo Verde e Moçambique

O grupo hoteleiro português Vila Galé pretende apostar em Cabo Verde e alargar a sua rede às ilhas da Boa Vista e do Sal, disse o administrador da empresa Gonçalo Rebelo de Almeida.

A entrada no arquipélago já tinha sido analisada em 2012 mas o grupo acabou por travar esses planos para se centrar no hotel do Rio de Janeiro, que inaugurou na semana passada, unidade que conta com 292 quartos e representou um investimento de 35 milhões de euros.

“Retomámos mais recentemente a procura de terrenos, sendo a ideia dispor em Cabo Verde de uma estância turística como o Marés ou o Cumbuco, ambas no Brasil”, disse ainda aquele administrador em declarações ao jornal português Sol.

Além de Cabo Verde, outra das apostas no continente africano é a capital moçambicana, Maputo, tendo Gonçalo Rebelo de Almeida afirmado que o grupo pretende aí dispor de um hotel de cidade, que pode passar ou pela compra ou pelo arrendamento de um edifício a ser construído.

O Vila Galé é um dos principais grupos hoteleiros de Portugal e integra a lista das 250 maiores empresas do ramo de hotelaria a nível mundial.

É actualmente responsável pela gestão de 24 unidades hoteleiras: 18 em Portugal – Algarve, Beja, Oeiras, Cascais, Ericeira, Estoril, Lisboa, Coimbra, Porto e Madeira – e 6 no Brasil – Fortaleza, Caucaia, Salvador, Guarajuba, Pernambuco e Angra dos Reis – com um total de 11 964 camas. (Macauhub/BR/CV/MZ/PT)

fonte: www.macauhub.com.mo


Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s