Grupo tailandês compra seis hotéis Tivoli por 168 milhões

Dois hotéis Tivoli no Brasil e quatro imóveis da cadeia hoteleira do Grupo Espírito Santo foram comprados por 168 milhões de euros pelo Minor Hotel Group (MHG). A aquisição foi confirmada, nesta quarta-feira, pelas duas empresas e marca a entrada em Portugal do MHG.

Em comunicado, o grupo tailandês – que detém e gere hotéis e resorts em 19 países da Ásia Pacífico, Médio Oriente ou África – diz que esta é uma “aquisição estratégica de seis hotéis e mais de 1600 quartos em Portugal e no Brasil, e da marca Tivoli Hotels & Resorts no Brasil”.

A intenção do MHG é, agora, avançar com a expansão na Europa e na América do Sul começando por estes dois países.

Assim, os dois Hotéis Tivoli de São Paulo e da Praia do Forte, passam para as mãos do MHG e a compra inclui a operação hoteleira e os direitos da marca no Brasil. Ao mesmo tempo, o grupo compra quatro edifícios em Portugal onde hoje estão instalados os hotéis do GES, em Processo Especial de Revitalização (PER).Na lista estão o Tivoli Lisboa, o Tivoli Marina Vilamoura, Tivoli Marina Portimão e Tivoli Carvoeiro. Todos vão manter o nome.

“As aquisições em Portugal incluem quatro propriedades que estão arrendadas a terceiros que detêm a marca Tivoli Hotels & Resorts em Portugal”, diz a empresa, referindo-se ao Fundo de Investimento gerido pela GNB Gestão de Activos (antiga ESAF).

William Heinecke, presidente executivo da Minor International, sublinha que os activos da empresa portuguesa no Brasil “não só geram receitas imediatas”, como permitem ao grupo “alavancar a sua plataforma operacional no Brasil para uma potencial expansão de outras marcas na América do Sul”. “Os quatro hotéis em Portugal marcam a nossa entrada na Europa, onde queremos construir um negócio sólido”, continuou. Dillip Rajakarier, presidente executivo do Minor Hotel Group, também acredita que as unidades portuguesas são “estratégicas” para o plano de expansão europeu.

O GES tem em Portugal outras seis unidades. Em comunicado, a Tivoli Hotels & Resorts diz que a configuração e o modelo de exploração de todos os hotéis em solo nacional se mantêm “inalterados”.

“É com grande satisfação que vejo um investidor como a Minor valorizar a marca Tivoli, e as suas plataformas de marketing e vendas, preservando a unidade da marca e o seu desenvolvimento nos mercados onde opera”, comenta Alexandre Solleiro, CEO da Tivoli Hotels & Resorts.

A empresa recorreu ao PER em duas das suas empresas, a Hotéis Tivoli e a Marinotéis. O pedido foi precipitado pelo atraso na alienação do grupo em Portugal, devido ao processo de insolvência da Rioforte.

fonte: http://www.publico.pt


Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s