Vistos gold: escândalo de corrupção trava a fundo concessão de autorizações de residência a estrangeiros VIP

gtres_a00508479_889O escândalo de corrupção dos vistos gold travou a fundo a concessão de autorizações de residência que previa um investimento mínimo no setor imobiliário de meio milhão de euros, por exemplo. No primeiro mês deste ano foramemitidos apenas 78 vistos, menos de metade das 161 licenças atribuídas emnovembro passado, mês em que saiu a público a operação Labirinto.

Na sequência deste caso, que levou à detenção de 11 pessoas suspeitas de corrupção, branqueamento de capitais, tráfico de influências e peculato, entre as quais o ex-director do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), a procura dos  investidores estrangeiros, sobretudo os chineses (80% do total) arrefeceu, segundo escreve o Jornal de Negócios.

Segundo dados do SEF citados pelo diário, desde que este programa foi criado, em 2012, foram concedidas, até 31 de janeiro passado, 2.100 autorizações de residência (ARI). Depois de outubro, que foi o melhor mês de sempre, com a emissão de 211 vistos, a concessão de autorizações dadas a pessoas vindas de fora do espaço Shengen para investimento em Portugal baixou drasticamente – 161 em novembro, 86 em dezembro e 78 no mês passado.

Foram atribuídos um total de 1.693 vistos a chineses, tendo em Janeiro sido concedidas 64 autorizações a cidadãos desta nacionalidade, menos quase dois terços face ao máximo de 180 emitidas em Outubro passado. Seguem-se o Brasil, com 69 ARI, a Rússia com 66, a África do Sul, com 52, e o Líbano com 33.

O ritmo mensal do investimento associado ao programa acompanhou a redução registada na concessão dos vistos dourados: para um total acumulado de 1,27 mil milhões de euros, em janeiro registou-se a entrada de apenas 46 milhões de euros em Portugal, cinco milhões abaixo do realizado no mês anterior e menos 80 milhões de euros do que em outubro.

fonte: http://www.idealista.pt


Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s