Grupo Pestana muda de estratégia e passa de proprietário a gestor de hotéis, estando disponível para vender imóveis

O Pestana, dono de ativos com um valor superior a 1.100 milhões de euros, admite vender ativos da atual carteira composta por 86 hotéis, se as condições de mercado forem favoráveis. Ao longo das suas quatro décadas, o grupo hoteleiro madeirense cresceu como proprietário, sendo investidor e gestor em simultâneo, mas a nova estratégia de negócio passa por reforçar a operação também através de contratos de gestão.

José Roquette, administrador responsável pelo desenvolvimento do Grupo Pestana, admitiu ontem, num encontro com a imprensa, a possibilidade da alienação de ativos. As vendas dependem das“condições que o mercado for oferecendo”, declarou o gestor, citado pela Lusa.

“A mudança de modelo está a acontecer, mas é difícil”, declarou, explicando que, quando o grupo Pestana concorre à gestão de um novo projeto, se defronta com grupos que apenas se dedicam a contratos de gestão e que têm modelos de negócios muito mais aprofundados.

Nesse sentido, considerou, “é muito importante desenvolver habilidade de conseguir contratos de gestão pura e com investidores internacionais”.

Em 1996, 100% dos hotéis Pestana eram propriedade do grupo e hoje essa percentagem baixou para 66%, sendo 22% dos hotéis em regime de arredamento e concessão.

Grupo investe 40 milhões por ano para abrir 10 hotéis até 2019

Nos próximos quatro anos, o grupo Pestana garante que vai abrir dez hotéis, que vão representar um acréscimo de cerca de 1.000 quartos no portefólio do grupo hoteleiro.

José Roquette revelou aos jornalistas que estão em desenvolvimento dez projetos, dos quais seis internacionais e quatro em Portugal, num investimento médio anual que oscilará entre os 35 e os 45 milhões de euros.

“Queremos reforçar muito a nossa presença na Europa e na América do Norte, que vai dominar muito os objetivos de investimento do grupo nos próximos anos”, declarou José Roquette, referindo que entre os novos dez hotéis estão projetos em Madrid, Amesterdão e Nova Iorque.

Em Portugal, o grupo Pestana pretende abrir ainda antes, até 2017, quatro novos hotéis – São Miguel, Funchal, Lisboa e Tróia.

Com 42 anos de existência, o grupo Pestana conta com 86 hotéis em 16 países e três continentes, sendo líder de mercado em Portugal, sétimo na Península Ibérica, e 25.º na Europa.

“A internacionalização é agora o tema mais importante – o grupo continua a crescer em Portugal, mas o mais importante é o crescimento além-fronteiras”, destacou José Roquette, citado pela agência de notícias.


Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s