Juros e prestação da casa seguem em queda

A taxa de juro implícita no crédito à habitação voltou a recuar em maio face a abril, tendo-se fixado em 1,112%. Uma tendência que se tem verificado nos últimos tempos, concluiu o Instituto Nacional de Estatística (INE). Já a prestação média foi de 238 euros, idêntica à de abril.

“No destino de financiamento Aquisição de Habitação, o mais relevante no crédito à habitação, a taxa de juro implícita no conjunto de contratos fixou-se em 1,124% (1,143% em abril). Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro passou de 2,039% em abril para 2,026% em maio”, refere o INE.

No que diz respeito ao valor médio da prestação vencida manteve-se nos 238 euros, o mesmo valor que foi verificado em abril. De acordo com o INE, “a componente amortização aumentou um euro face ao mês anterior, tendo a componente juros descido em igual montante”.

Quanto ao capital em dívida, o montante médio em Portugal em maio era de 51.874 euros, tendo diminuído 48 euros face a abril. Mas para os contratos firmados ao longo dos últimos três meses o montante em dívida nos créditos à habitação era de 85.271 euros.


Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s